[Fiz a Travessia] Saí de agência de publicidade para entrar numa cozinha

Nome: Rafael Navarini Coutinho

Antes "estava": Planejamento de comunicação em Agência de Publicidade

Hoje "está": Cozinheiro no Como Truck

Lella Sá - Por que você faz o que você faz?

DSC_6176.jpg

Rafael Navarini - Por que decidi buscar uma atividade que pudesse me trazer maior realização profissional, futuro, diversão, uma atividade onde pudesse sentir que desenvolvia algo mais verdadeiro e que por meio dela eu pudesse buscar autoconhecimento. Acabei encontrando e criando as condições para que isso acontecesse dentro de uma cozinha e hoje percebo que somos inseparáveis.

Lella Sá - Como fez essa mudança?

Rafael Navarini - O momento da troca, da transição foi um tanto violento, muito rápido. Sai de uma agência e menos de 2 meses depois estava em uma cozinha.

Trabalhava em uma mega agência de publicidade mas não enxergava futuro na área para mim, não conseguia me enxergar fazendo o que fazia nos próximos 10 anos. Em paralelo eu estava mais em contato com uma área que me gerava muita curiosidade e já vinha pensando em arriscar as fichas: a cozinha. Aproveitei uma conversa com minha chefe da época e pedi demissão. Me senti aliviado mas com um baita frio na barriga de arriscar em uma nova carreira. Por mais que eu já estivesse conhecendo mais do negócio de restauração por meio de estudos, conversas com cozinheiros, etc a decisão de trocar de área foi um tanto impulsiva, sem muito planejamento. Sinto que dei um tiro no escuro e acabei acertando em algum lugar do alvo.   

Lella Sá - Quais os maiores desafios que passou para fazer essa transição?

Rafael Navarini - Entender e aceitar uma outra realidade profissional muito diferente da qual eu estava acostumado.

Ficar horas de pé, se cortar, se queimar, ser mal remunerado, escutar chef buzinando na orelha, trabalhar aos finais de semana não parece ser muito atrativo para a maioria das pessoas. A cozinha é um ambiente mais hostil do que os lugares que trabalhei como publicitário e isso foi bem difícil de entender no começo. Lidar com essa realidade de uma forma saudável foi um pouco complicado, mas entendi que para conseguir prosperar na carreira precisava e ainda preciso passar por isso.

Lella Sá - Qual futuro você está ajudando a criar?

Rafael Navarini - Um futuro que seja diferente da realidade que se encontra, de forma geral, na cozinha. Tem gente muito boa trabalhando na área, mas com modelos muitos distorcidos na minha opinião. Há um "que" de tiranismo que prospera até hoje. Sem falar nas condições de trabalho.

Procuro fazer algo diferente para dentro e para fora do restaurante. Sendo mais transparente respeitoso e colaborativo com quem faz parte da equipe e mais justo, provocativo e inovador para quem vai comer.

Lella Sá - Que dica(s) você daria para quem quer ter um Trabalho com Significado?

Rafael Navarini - Acho que para buscar significado no trabalho e na própria existência é necessário estar aberto para se conhecer melhor. Acredito que quem procura entrar mais em contato com seu "self" acaba entendendo melhor qual a função que as atividades que desempenha em sua vida.

Entender qual a função do trabalho na vida é fundamental para buscar uma atividade que tenha maior significado, realização.

ESSA É UMA ENTREVISTA DO PROJETO "FIZ A TRAVESSIA", UMA SÉRIE DE ENTREVISTAS PARA INSPIRAR E INCENTIVAR PESSOAS A FAZEREM UMA TRANSIÇÃO PARA SEREM MAIS FELIZES, SATISFEITAS E REALIZADAS NO TRABALHO E NA VIDA.

VEJA OUTRAS ENTREVISTAS, NESSE LINK

SE VOCÊ QUER FAZER A SUA TRANSIÇÃO PARA UM TRABALHO COM SIGNIFICADO, FAÇA PARTE DO PROGRAMA TRAVESSIA