Não adianta querer sair do parto direto para o trabalho

lella organização trabalho transicao carreira.jpg

Sempre falo aqui sobre como ser mãe mudou o meu tempo e a minha forma de lidar com o trabalho. Facilitar o Programa Impulso Materno me dá a oportunidade de olhar para este processo de uma forma distanciada. Semanalmente converso e oriento mulheres cheias de vontade de criar um trabalho com significado e que se encontram em um momento de aprendizado parecido com o meu na experiência como mãe. Além da vivência prática em casa, acabo me deparando com situações que indicam cada vez mais a necessidade por organização e paciência quando o assunto é maternidade e trabalho.

Ser mãe já é uma grande ocupação, não por acaso é motivo para uma licença no trabalho. Então, no primeiro momento, é preciso assimilar este processo, curti-lo e se enxergar no meio do novo cenário.

Não adianta sair do parto já achando que a vida retoma ao normal. Ela retoma, mas o normal se transforma em algo totalmente diferente. Com a profissão não é tão diferente. É preciso gestá-la, vivê-la, experimentá-la, se ver como parte dela. Aí, então, colocá-la para andar. Principalmente diante de uma transição.

No Impulso Materno, costumo passar tarefas para casa a cada encontro. Nada muito demorado. Mesmo assim, foram algumas as vezes que alguém deixou de fazer, por falta de tempo. Vejo o curso, além de uma experiência de troca e aprofundamento, como um protótipo da vida profissional que se almeja.

Se não há tempo para a lição de casa, haverá tempo para investir em um novo negócio?

Indico, então, que as famílias se organizem diante das transformações da maternidade, antes de qualquer coisa. A vontade de retomar a vida profissional é grande por parte das mães, na maioria das vezes, mas não é possível ignorar a nova vida em casa. É preciso se organizar primeiro, para conseguir dar conta de todos os afazeres. Principalmente se é o caso de um novo empreendimento.  

Se você gostou do texto, clique no ❤ aí embaixo. Fazendo isso, você ajuda essa história a ser encontrada por mais pessoas.