Ao virarem mães, muitas mulheres se tornam também desempregadas

gravida pesquisa blog maternidade lellasa.jpeg

AO VIRAREM MÃES, MUITAS MULHERES SE TORNAM TAMBÉM DESEMPREGADAS

Esses dias li uma matéria, atraída pelo título: "Metade das brasileiras ouvidas em pesquisa foram demitidas dois anos após licença-maternidade". Era um alerta para o desemprego feminino, apontado por uma pesquisa realizada pela FGV. Pensei na urgência de elaborarmos outras possibilidades, já que a mulher, no geral, não é acolhida pelo mercado de trabalho formal. Em paralelo ao Impulso Materno e ao Mães que Inspiram, estou preparando outro projeto voltado para mulheres - anuncio em breve.

Este mercado que conhecemos já está defasado há muito tempo. A mulher nunca foi bem-vinda. Já na contratação tem menos chances pela simples possibilidade de engravidar, dentre outros fatores. Depois, muitas têm medo de anunciar a vinda do bebê, pelo temor de ser demitida. E aí, estudos como este mostram como esse temor de fato é fundamentado (e alarmante). 

A pesquisa ouviu 247 mil mulheres, entre 25 a 35 anos, e o resultado apontou que metade delas foi demitida depois de dois anos da licença-maternidade. Metade! No segundo mês de trabalho, quando essas mulheres voltam do período de resguardo, já encaram a probabilidade de 10% para a demissão, segundo o texto. 

Como driblar tudo isso? Ando pensando muito a respeito, conversado com outras mulheres, acompanhado grupos voltados ao empreendedorismo feminino. Além de empresas e projetos mistos que estão se reinventando para acolher a mulher de uma forma digna. 

Se você é mulher e quer pensar conjuntamente ou homem interessado no assunto, envie um email para lellasa@lellasa.com. Estou preparando um projeto bem legal e outros estudos. 

Aqui você é bem-vinda! 

Leia mais textos sobre maternidade e trabalho:

+ Sou mãe: o mercado de trabalho formal não me acolhe

Se você gostou do texto, clique no ❤ aí embaixo. Fazendo isso, você ajuda essa história a ser encontrada por mais pessoas.

Meu próximo curso é o Travessia, no dia 4 de setembro. Voltado para pessoas que desejam pensar novas possibilidades profissionais e fazer uma transição de trabalho. Participe!