Camila Haddad fala sobre movimento colaborativo no Realidade Paralela, na segunda (7)

Quando estamos em transição, enxergamos as coisas bem nebulosas - tudo fica confuso e parece difícil vislumbrar um novo caminho a ser traçado. Isso acontece porque a gente sabe que existe outros meios e formas de caminhar, mas não sabe quais e onde procurar outras realidades que não a que estamos vivendo. 

O Realidade Paralela é uma série de entrevistas que tematizam realidades não convencionais nas formas de trabalho. A ideia é mostrar diferentes modos de criar e gerir organizações, além de como se posicionar com mais autonomia e liberdade. 

Max Noland Shen foi o convidado de estreia para falar sobre sua experiência com a publicidade desde seu período em multinacionais e agências, até a criação de algumas organizações em rede, como a Dervish. 

Os episódios acontecem ao vivo e online, para que pessoas de qualquer lugar do mundo possam participar e enviar suas perguntas. 

A próxima convidada é Camila Haddad, fundadora do Cinese e estudiosa da economia colaborativa no Brasil. Em seu mestrado, pesquisou a confiança como elemento central do movimento colaborativo. Segundo ela, a colaboração é cada vez mais parte de uma transformação fundamental da sociedade, por isso fundou em 2012 a plataforma que possibilita que qualquer pessoa divulgue e faça a transação financeira de seus cursos, de forma online. 

Para participar, cadastre-se, e receba o link para a live. É gratuito!