Visão de Futuro

Como se organizar no segundo semestre para manter as suas metas do ano

Lembra no começo do ano, quando eu disponibilizei um Exercício de planejamento para 2017? Quero saber se foi útil para você e se está conseguindo seguir as metas para o ano. Neste post falo sobre como não se perder do propósito e, para quem não iniciou uma transição, como usar esses próximos seis meses de forma a possibilitar uma grande mudança em 2018.  

Dê o primeiro passo!

- Pense nas vontades que você sempre teve e ainda não conseguiu realizar. Seja pintar um quadro ou fazer uma grande viagem.

Liste seus incômodos.

- Elenque o top 1 deles como objetivo de transformação. Em paralelo, liste aquilo que você gosta na sua rotina e busque formas de manter.

Se dedique na auto investigação

- Reserve um dia da semana para fazer atividades reflexivas com perguntas norteadores (exemplo: o que eu gostava de fazer quando era criança?).

Converse com quem pode te ajudar

- Reserve ao menos dois cafés por mês com pessoas que já fizeram a transição ou trabalham na sua área de interesse - pergunte a elas sobre as dificuldades, os desafios, as coisas boas e como funciona o dia a dia delas. 

Abra tempo na sua agenda para o novo entrar

- Abra tempo na agenda para o novo. É preciso estar disposto a se dedicar fora do expediente para descobrir o que você quer fazer. Se não mudar nada, não descobrirá novas respostas. 

Procure instituições para experimentar algo novo

- Faça trabalhos voluntários na área de interesse. Coloque suas habilidade a disposição.

Procure vivências que estimule o autoconhecimento

- Atividades como meditação, yoga, resgate biográfico são experiências que estimulam a conexão consigo mesmo.

Encontre outras pessoas

- Crie vínculos com pessoas alinhadas com aquilo que você acredita. Um habito demora 21 dias para se estabilizar e é muito mais fácil quando é feito em coletivo. Um exemplo é a corrida. Se você decide começar a praticar, é muito mais fácil se comprometer quando há um grupo, onde um motiva o outro. Cursos sempre são uma ótima oportunidade para encontrar pessoas com as mesmas afinidades. O Travessia começa em agosto! 

Respire novos ares

- Vá a lugares diferentes a cada semana. Experimente um café, um restaurante, um espaço de trabalho, um parque. Comece a frequentar grupos e lugares que compartilham dos seus valores e questionamentos.

Se prepare financeiramente.

- A gente passa a vida inteira se formando em algo especifico numa carreira. E aí de um dia pro outro a gente quer ser reconhecido em outra coisa e isso não vai acontecer da noite para o dia. É importante não depender financeiramente dessa nova atividade, no primeiro momento. Avalie se o dinheiro não está onerando demais a sua proposta - não apenas pelo propósito, mas pela saúde do negócio que precisa de reconhecimento, reputação, aprimoramento, etc.

Tenha paciência. Uso o que você já sabe fazer.

- Não negue as habilidades pelas quais você já é reconhecido. Use-as a seu favor. Muitas vezes as pessoas querem mudar totalmente e ignoram a curva de aprendizagem que demora. Querem ser reconhecidas em pouco tempo.

Reflita sobre seu estilo de vida

- Pense no estilo de vida que você quer levar (horas que quer acordar, onde mora, com quem, em que cidade, que amigos vc tem a sua volta). Descreva como seria um dia ideal daqui 10 anos, do começo até dormir – isso ajuda a entender a essência do que se quer viver.

Por fim, é importante levar em consideração que transição leva tempo e a medida é relativa. Sinto que, na verdade, é infinita, pois sendo progressiva, sempre podemos realizar cada vez mais. Cada pessoa está num processo e o que é fácil para um, pode ser difícil para outro.

Outra questão é que nem sempre a saída é o empreendedorismo. Uma mudança pode acontecer dentro da própria empresa ou de indústria ou setor. Recomendo saber do que você não abre mão num trabalho que te satisfaça, em termos de necessidades básicas e valores. Se for o caso de fazer uma transição, entenda o que realmente quer a partir dessa fase de experimentação e se aprofunde na escolha.

Se você gostou do texto, clique no ❤ aí embaixo. Fazendo isso, você ajuda essa história a ser encontrada por mais pessoas.

Defina seu “mundo melhor”

Defina seu “mundo melhor”

Sempre pergunto para as pessoas “Que futuro você quer criar?” E a maioria das pessoas respondem:  "quero criar um mundo melhor, que seja diferente da realidade que vivemos.  Mas o que isso significa? O que é melhor para uns pode ser pior para outros. Quanto mais específico for a visão de futuro, mais fácil será de torná-lo realidade.

ALERTA: Resolva um problema real que beneficie você e a humanidade. Foque em formas de materializar seus valores em ações concretas. Você é o criador desse futuro desejável então cuidado para não pegar desejos alheios, que contemplem necessidades ditadas importantes pela cultura da sociedade, pela sua família, amigos ou qualquer outra pessoa que não seja você. 

Uma sugestão para ter clareza do tal mundo melhor que quer criar é elaborar uma afirmação da sua visão de futuro. Ela te inspirará e te dará mais foco por que estará direcionado para atingir esse objetivo. Fica mais fácil de saber o que fazer nos momentos de confusão e nos comportamentos diários. Afinal de contas energia e tempo de vida são os recursos mais preciosos que o ser humano tem e só tem valor se bem usadas, porém elas não podem ser exploradas e nem mal gastas. 

A afirmação da visão é baseada no futuro e é feita para inspirar e dar direcionamento.  Ela responde a pergunta: “Onde quero chegar?”. Diferentemente da afirmação da missão que responde a pergunta: “Por que eu faço o que eu faço?” ou “Por que eu trabalho com o que eu trabalho?”. 

“Tá, mas eu não sei que futuro é esse que eu quero criar. - O que eu faço?

Uma forma de começar é fazer uma retrospectiva dos acontecimentos mais marcantes na sua vida para levantar a essência que faz sentido você propagar.  Além disso, faça uma prospectiva das ideias que gostaria de concretizar. Se quiser, crie um mural de fotos que representam o que você deseja e depois transforme em frases até você chegar na essência. 

Essa afirmação deverá ser bem curta para que você possa se relembrar disso com facilidade. É importante conter os desejos de onde você quer estar daqui alguns anos e que tenha um certo grau de urgência para te motivar a chegar lá. O ideal é ser algo tão significativo e necessário ser feito, para você e para a humanidade, que te empurrará mesmo quando encontrar um obstáculo, gerando fortes emoções quando pensar nesse futuro desejável. Deve ser algo 100% vivo em você que você consegue até enxergar o que acontecerá e já consegue sentir sensações inexplicáveis do momento que essa meta for atingida.

Lembre de pensar em algo que te traga benefícios na trajetória da concretização do seu objetivo final. Isso te dará forças para continuar sua caminhada.  Crie algo que te tire da zona de conforto e te dê frio na barriga mas não te paralisa. Não pode ser tão difícil e nem tão fácil de atingir, mas que seja algo que te coloque em movimento o tempo inteiro. 

Resumindo, crie uma frase que afirme, em essência, o que você quer construir para o seu futuro. Lembre dessa afirmação diariamente e faça decisões baseadas nela.  

Jogue luz para ter clareza desse futuro e crie um "desejável mundo agora

Para terminar, coloquei um poema de uma futurista e amiga querida - Lala Deheinzelin:

Se vê acha que não dá
Vou te contarDá sim.
Se pergunte por que não 
e cê vai ver que sim.
Desejável mundo agora
não é utopia, não.
Vem ser jovem,
experimenta
e cê vai ver que é bom.
Vem, vem vem...
tudo bem, tudo bem Desejável mundo agora,
Por que não?
Por que não?
Vem, vem, vem...
veja além veja além Desejável mundo agora,
por que não?
Pior que tá,
não vai ficar.
Vamos nessa,
vamos juntos!
Por que não?
Por que não?” 

Só depende de você.